sábado, 31 de julho de 2010

"E chega de pia de banheiro"


Já parou para pensar em que condições a maioria dos jovens fazem sexo hoje? Talvez escondido em casa enquanto os pais trabalham? E os que têm pais desempregados? No banheiro de uma festa? Atrás do muro da escola? Terrenos baldios, construções abandonadas? Será que essas situações são as mais adequadas para pura e simplesmente desfrutar dos prazeres que se pretende? E para, por exemplo, usar camisinha? Ou então imaginem uma abordagem da nossa tão refinada polícia flagrando dois jovens nessa situação? Pois, por mais que não pareça essa é uma aflição que atinge muito jovens e por ser considerada um problema individual não existem propostas que enfrentem esse problema.
Talvez porque quem mais sinta isso na pele são jovens das camadas mais pobres da população.
Fonte: http://juventudeempauta.blogspot.com/2010/07/e-chega-de-pia-de-banheiro.html
 

3 comentários:

everton disse...

maurício... acho sua proposta bem legal, mas temos que pensar em que jovens estamos falando... não é um "motel" que resolverá o problema... temos que pensar em formas alternativas das pessoas viverem o que querem, da forma que querem, enfim. Acho que temos que pensar em saúde pública (na questao da aids e da gravidez indesejada), em segurança (em mortes de homossexuais, travestis ou transexuais), em respeito (em desejo de todo/as e para todo/as). Não acho que motel resolve o problema... Quero conhecer mais sua proposta, como faço?

Mauricio Botton Piccin disse...

Prezado Everton.

Tu estás corretíssimo. Essa proposta não se propõem a "resolver" os problemas, é mais uma proposta que dialoga com uma demanda realmente existente. O texto que publiquei não é meu. Coloquei no meu blog por concordar no geral com a proposta, mas também, pra gerar o debate.

Pra conhecer mais das nossas propostas, mande-me seu e-mail que te mandamos o que estamos elaborando. Também, logo logo estará no ar o nosso site www.mauriciopiccin.com.br onde terá as nossas propostas completas.

Um grande abraço

Blogueiros disse...

Olá, Maurício. Tudo bom?

Meu nome é Paulo Castro, sou jornalista, e estou trabalhando no comitê da nossa futura presidenta Dilma, para cuidar e auxiliar o relacionamento de vocês - blogueir@s - com a campanha. Poderia entrar em contato comigo, por e-mail (blogueiroscomdilma@gmail.com), para que possamos conversar?

Um abraço,
Paulo.